15 sites para baixar livros grátis na internet

Confira a lista de sites que disponibilizam obras para download

Por Igor Carvalho

Livros clássicos da literatura mundial podem ser baixados na internet (Foto: Divulgação)

Em tempos de compartilhamentos de arquivos, os livros também estão na internet pra baixar. E vários sites disponibilizam obras para download gratuitamente incentivando o conhecimento livre. O SPressoSPselecionou alguns sites que oferecem essa possibilidade, com características e acervos distintos. A maioria publica livros que já estão em domínio público, ou seja, de autores que tenham morrido há mais de 70 anos. Confira. Saber mais…

Anúncios

A teatralização do atentado de Boston

foto_mat_41744Precisamos estar atentos ao significado político-ideológico da espetacularização do atentado de Boston. É uma forma de desviar a atenção mundial de questões muito mais fundamentais: a primeira é o estado de terror que o Estado norte-americano está impondo internamente a seus cidadãos e ao mundo inteiro. Com isso atraiçoa o que de melhor tinha: a defesa dos direitos fundamentais. Por Leonardo Boff (Saber mais…)

Secretaria de Cultura e Fundarpe lançam convocatória para São João

junino_2013Traço marcante da cultura nordestina, o São João pernambucano está com inscrições abertas para artistas e produtores culturais de todo o país enviarem suas propostas de participação do evento. Os interessados podem se inscrever entre os dias 20 de abril e 20 de maio. A convocatória completa e o formulário de inscrição podem ser conferidos na lista ao fim do texto. Saber mais…

Após uma hora de protesto, o MST começa a liberar as rodovias federais

Uma hora após o início do protesto organizado pelo Movimento dos Sem-Terras (MST), na manhã desta quarta-feira (17), os manifestantes começaram a liberar as rodovias que cortam o Estado de Pernambuco. Uma das primeiras a ser liberada, a BR-101, em Agrestina, foi desobstruída por volta das 10h10. Saber mais…

Cadoca é ingrato com o partido, afirma Lula Cabral

Alex Ribeiro e José Accioly / Blog da Folha

O novo presidente estadual do PSC, Lula Cabral, afirmou que o deputado federal Carlos Eduardo Cadoca (sem partido) está sendo ingrato com a legenda que o acolheu depois de ter sido “convidado a sair do PMDB”, em 2007. “O partido colocou ele na Mesa Diretora da Câmara Federal, o elegeu. Nós fizemos o possível para manter Cadoca na nossa legenda, tive o privilégio de conviver com ele durante muito tempo. Votei nele duas vezes. Fui questionado (por ele) quanto eu paguei pelo partido, respondi que paguei o mesmo preço que ele pagou para entrar, sem juros e sem correção monetária”, ressaltou Cabral, durante entrevista à Rádio Folha FM 96,7, ontem. Cadoca está acusando o líder nacional da sigla, o pastor Everaldo Pereira (PSC), de vender a instância do partido local ao ex-prefeito do município do Cabo de Santo Agostinho.

De acordo com o ex-prefeito do Cabo de Santo Agostinho, o antigo presidente estadual pode não ter correspondido às expectativas, por não ter conseguido ajudar no crescimento da legenda. Para ele, a representação política local do PSC é bem diferente da nacional. “O PSC não cresceu. Para se ter uma ideia, no Recife não tem um vereador, no Cabo de Santo Agostinho temos dois vereadores, em Jaboatão dos Guararapes me parece que só tem um vereador. Então é coisa rara, o partido não tem um prefeito, não conseguiu avançar, talvez a direção anterior tenha falhado”, disse.

Na conversa, o social-cristão fez um apelo para a antiga direção do partido devolver a documentação da legenda. Ele comentou que pode recorrer à Justiça caso as informações não sejam entregues. “Meu tesoureiro chegou a receber um e-mail que dizia que não ia entregar nada. Isso não é bom. Acho que a gente tem que ter transparência”, ressaltou Cabral.

Gati foi acionado e teria efetuado disparos para dispersar manifestação

Um protesto acabou em confusão durante a madrugada desta terça-feira (27), em Escada, na Mata Sul de Pernambuco . De acordo com a Polícia Militar, os moradores da região invadiram os prédios de uma construtora e queimaram pneus, obstruindo a BR-101. A Polícia Militar disse que realizou disparos de arma de fogo para dispersar o protesto. Um dos manifestantes diz ter sido atingido perto do olho. Saber mais…