Mata Sul: Governo entrega a ponte de Baeté em Barreiros

imageDando sequência à Operação Recuperação na Mata Sul, o Governo do Estado entregou, nesta segunda (19), a ponte de Baeté, no município de Barreiros. A estrutura recebeu o nome de Governador Miguel Arraes. Responsável pela ligação de um dos maiores bairros do município ao centro – onde moram cerca de nove mil pessoas -, a ponte foi reconstruída após ter desabado, em junho de 2010, em decorrência das fortes chuvas que acometeram toda a Mata Sul do Estado. Com 135 metros de extensão, a obra precisou de um investimento de R$ 16 milhões para ficar pronta. Na ocasião, o governador também autorizou o início de serviços de pavimentação de acessos do município, orçados em cerca de R$ 12 milhões.

Para Eduardo, a consolidação da reconstrução das cidades só foi possível graças à disciplina e ao compromisso “de um time que tem liderança”. “Quando a natureza desce, ela não faz não projeto, não pede licença ambiental, nem vai na Justiça para fazer desapropriação. Ela desce do jeito que desceu. Agora, para fazer tudo de novo, tem toda uma novela. E aí, se encontrar um governo sem disciplina, desorganizado e sem pessoas olhando de perto o trabalho, as coisas começam, mas não terminam”, destacou o governador, informando que em setembro será a vez da ponte Maria Amália ser inaugurada no município.

Além de possibilitar o acesso de moradores para o centro da cidade, a ponte de Baeté também facilita o escoamento de produção de cana-de-açúcar. “Essa é uma obra-símbolo da Operação Reconstrução, pois tem grande impacto na vida socioeconômica do município. Barreiros já sofreu nove grandes enchentes e nunca houve um conjunto de obras como esse. A Mata Sul tem uma história antes e depois do governador Eduardo Campos. Porque a reconstrução está consolidada e de maneira muito mais planejada”, afirmou o secretário da Casa Militar, coronel Mário Cavalcanti. Somente entre os anos de 2010 e 2013, foram realizadas 73 intervenções e investidos mais de R$ 55 milhões em Barreiros. Mais de três mil funcionários foram contratados para trabalhar nestas obras.

Presente na solenidade, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, também deu destaque ao volume de obras, tanto as de reconstrução como as de prevenção das cidades. “Três anos depois daquela tragédia, chegamos com tantas coisas feitas, de pontes e casas a hospitais. E mais: chegamos preparando a Mata Sul para deixá-la ainda mais resistente a outras chuvas que virão. Só na parte de prevenção, são seis barragens de contenção, nas quais estão sendo investidos R$ 800 milhões”, relatou o ministro.

ACESSOS – O Governo do Estado, em parceria com a Caixa Econômica Federal, já entregou 2.081 de um total de com 4.043 casas, que estão sendo construídas em quatro conjuntos habitacionais. A fim de melhorar ainda mais o acesso dessas novas comunidades, o governador assinou duas ordens de serviço para a implantação de pavimentação nas ruas dos conjuntos residenciais Baeté e Santa Clara I e II. O total do investimento é de R$ 12 milhões.

Fonte: Integra do Blog da Folha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s