Deputados terão reajuste de 37,3% na verba indenizatória

Aprovada ontem (24), por unanimidade, pelo plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco, começa a valer a partir de 1º de maio o reajuste de 37,3% na verba indenizatória do exercício parlamentar dos 49 deputados estaduais, passando o valor de R$ 11.250,00 para R$ 15.450,00. O percentual corresponde, em dinheiro, a um aumento de R$ 4.196,25.

O projeto que propôs o reajuste é de autoria da Mesa Diretora da Casa. O percentual calculado pelo Legislativo representa o Índice de Preços ao Consumidor Ampliado (INPC) de junho de 2008 para cá, período no qual – segundo os deputados – o índice inflacionário não foi aplicado sobre o valor da verba.

Criado pelo ato nº 566, de 2005, o benefício destina-se ao custeio da estrutura dos gabinetes e o ressarcimento de despesas com o mandato parlamentar, como passagens, aluguel de carros, combustível e alimentação, sendo obrigatória a comprovação pela apresentação das notas fiscais. A revisão das 49 verbas parlamentares custará ao Estado R$ 205,6 mil ao mês, o que, multiplicado por 12, equivalerá a um acréscimo de R$ 2,46 milhões/ano na dotação orçamentária do próprio Legislativo, segundo estabelece a lei.

O reajuste ocorre depois de a Alepe acabar, pressionada pela opinião pública, com o “auxílio-paletó”, benefício correspondente a um 14º e 15º salários por ano.

Compensação! É mole!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s