Taxa de homicídios de jovens em Escada reflete preconceito

jovens_negrosPor Edmundo Fernandes

O Centro Brasileiro de Estudos Latino Americanos realizou estudo focalizando a incidência da questão racial na violência letal do Brasil, tomando como base os registros de mortalidade do Ministério da Saúde entre os anos 2002 e 2010.

O trabalho verifica a incidência da vitimização negra nas Unidades da Federação, nas Capitais e nos Municípios brasileiros, tentando identificar os focos e os determinantes dessa violência.

Em Escada, a população jovem em 2010 era de 18.239 habitantes. A escalada de homicídios entre os jovens negros nessa idade era crescente: 2006: 10 mortes; 2007: 25 mortes; 2008: 32 mortes; 2009: 13 mortes; e 2010: 10 mortes. Em 2010 foi registrada a morte de um jovem branco.

Em Municípios com mais de 26 mil mulheres, embora o número tenha caído significativamente entre os anos de 2008 e 2010, Escada chegou a ocupar a 359ª posição no cenário nacional e a 24ª no estado. Tais números se revelam preocupantes e desafiadores para os próximos anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s