Funcionamento do Abatedouro Público de Escada mobiliza os prefeitos eleitos

DSC00805 (400x300)Prefeitos eleitos dos municípios de Cabo de Santo Agostinho, Amaraji, Cortês, Primavera, Vitória de Santo Antão, Ipojuca, Ribeirão e Gameleira participaram esta semana de um encontro, organizado pela Secretaria de Agricultura do Estado, que aconteceu na Escola Técnica Luis Dias Lins (Agrícola), em Escada.

O evento serviu para discutir o funcionamento do Abatedouro Público de Escada que aguarda instalação dos equipamentos de refrigeração para iniciar os trabalhos. A situação dos matadouros públicos na região é precária.

Vitória, por exemplo, tem dois matadouros interditados, mas o município não planeja abater os seus animais aqui. Os representantes da cidade do Cabo concordam em transferir o abate para o município, mas é preciso definir de quem será a responsabilidade pela administração. Em Escada e Primavera o abate acontece de forma indesejável. Outra reunião deve acontecer ainda este mês para definir mais detalhes.

Depois de pronto, o abatedouro terá capacidade de beneficiar, em média, 80 animais por hora e, se o consórcio entre os municípios vingar, aproximadamente 500 animais serão abatidos por dia.

Com o abatedouro em funcionamento, todos os municípios e centros de venda da carne verde terão que se adaptar e instalar câmaras frias para receber os bois abatidos e garantir qualidade da carne no mercado. É possível que ainda neste mês de novembro os equipamentos funcionem em caráter experimental.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s