No Recife, Geraldo amplia vantagem sobre Humberto e Daniel

Por André Luís ( Fonte: Diario de Pernambuco )

Geraldo Julio, candidato a prefeito do Recife pelo PSB, saiu de 14%, em 20 de agosto, para 34% nas intenções de voto (na estimulada). É o que revela a segunda rodada da pesquisa DiarioData Associados, publicada pelo Diario neste domingo. Na sondagem estimulada, o eleitor recebe uma lista com os nomes da disputa e, a partir dela, faz sua escolha. Humberto Costa, concorrente do PT, que liderava a corrida com 25%, aparece agora com 22%. O prefeiturável do PSDB, Daniel Coelho, chegou aos 18%, depois de ter largado com 8%. Por sua vez, o democrata Mendonça Filho, que tinha com 15% e era o segundo colocado há um mês, surge com 4%. Além de evidenciar o óbvio poderio do PSB no Recife, resultante do peso político do governador Eduardo Campos, a pesquisa indica que parte do eleitor de Mendonça pode ter migrado para Daniel.

Ambos apresentam-se como oposição e representam partidos que costumam atrair faixa do eleitorado tida como conservadora. O candidato democrata perdeu 11 pontos e o tucano avançou dez. A subida de 20 pontos do socialista pode estar relacionada com a redução dos eleitores que estão indecisos, que não sabem qual dos candidatos escolher ou que pretendem votar em branco. E ainda aqueles que estão propensos a votar nulo ou em “ninguém.

Se em agosto esse universo somava 35%, agora totaliza 22%. A perda de três pontos registrada pela candidatura de Humberto está dentro da margem de erro. É relevante observar que os candidato do PT e do PSB tendem a disputar o mesmo eleitor.

Isso porque foram por anos aliados no Recife e ainda são parceiros nos níveis estadual e federal. Portanto, quem vota tende a asssociar a origem das duas candidaturas ao mesmo bloco político liderado pelo governador e pelo ex-presidente Lula.  Assim sendo, os três pontos perdidos por Humberto podem ter sido absorvidos por Geraldo. Outro aspecto observado é que a campanha caminha para o segundo turno e que a disputa pela segunda vaga se dá entre os candidatos do PT do PSDB. A diferença entre os dois é de 4 pontos, ou seja, estão tecnicamente empatados.

A pesquisa ouviu 1.100 pessoas entre os dias 18 e 20 deste mês. A margem de erro é de três pontos percentuais.

Anúncios

Um pensamento sobre “No Recife, Geraldo amplia vantagem sobre Humberto e Daniel

  1. SEM CONTAR QUE O APOIO DE JARBAS AO CANDIDATO DO PSB,ISTO INFLUENCIO MUITO.
    ABRIGAS INTERNAS NO PT,DIFICULTOU ATÉ DEMAIS HUMBERTO,LEMBRANDO QUE O 1° SUPLENTE DE HUMBERTO É O EX-GOVERNADOR JOAQUIM FRANCISCO.
    DIGO SEM NEM UM JUIZO DE VALOR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s